R-Evolução Anti Pedófilos*

*(R-Evolução Anti Pedofílicos)

 

2014

 

 

“JUSTIÇA para Daniel”

 

 

 

 

JUSTIÇA SENTENCIA MAIOR CASO DE PEDOFILIA DA HISTÓRIA DA AUSTRÁLIA

 

 

Depois de mais de 10 anos de esforços, os pais de Daniel Morcombe, Denise e Bruce Morcombe, conseguem a condenação do pedófilo e assassino de seu filho.

Estes pais que jamais desistiram de fazer com que as autoridades fossem em busca de seu filho desaparecido, e que foram de escola em escola do Estado de Queensland na Australia, para alertar crianças e adolescentes, bem como professores e pais, sobre o perigo que acabou com a vida de seu filho, foram vitoriosos na condenação deste criminoso.

 

 

 

A justiça da Austrália condenou nesta Sexta Feira 14/ 03/2014, o pedófilo assassino Brett Peter Cowan com uma sentença de no mínimo 20 anos, sem direito à liberdade condicional por bom comportamento na prisão.

 

A juíza Roslyn Atkinson descreveu Cowan como um monstro e pedófilo que atraiu Daniel para a morte. Ela também lembrou o condenado e os presentes na sessão do júri, que ele não sairá automaticamente da prisão depois de cumprir a pena de 20 anos.

A juíza ainda expressou ao réu condenado: “Quem quer que considere a possibilidade de lhe conceder liberdade condicional no futuro, deve ler minhas palavras que deixo por escrito, que voce é um mentiroso convincente…e que se sujeita a mentir para proteger seus próprios interesses.”

Infelizmente, tal vitória jurídica não trará Daniel de volta a seus pais, mas irá salvar outras crianças das garras deste predador!

 

*(R-Evolução Anti Pedofílicos)

CULPADO DE ASSASSINATO

 

AGORA PODE SER REVELADO

ELE TAMBEM É UM OFENSOR SEXUAL SERIAL

 

Daniel for sequestrado 2003, no Estado de Queensland. O menino esperava o ônibus para ir à escolar quando desapareceu. Brett Peter Cowan que o avistou na parada de ônibus, achou o menino "gracioso", estacionou seu carro no shopping center e foi até o menino quando lhe ofereceu carona.

Os restos de seu corpo foram encontrados em 2011 por insistência das campanhas que os pais de Daniel fizeram mobilizando comunidades da Austrália e sensibilizando a polícia a prosseguir com as investigações que levaram finalmente ao pedófilo sequestrou e assassinou o adolescente.

 

Um investigador da polícia de Queensland que atuou disfarçado de chefe de quadrilha e drogas, conseguiu fazer com que o pedófilo Brett Peter Cowan lhe confessasse o crime, enquanto eram filmados por câmeras escondidas.

O pedófilo foi rastreado pela polícia, como suspeito do desaparecimento de Daniel, pelo fato do mesmo já ter sido condenado e solto anteriormente por outros casos de abuso sexual de menores, antes de atacar Daniel Morcombe. E, confiante de que não haveriam provas contra ele, Cowan também prosseguiu fazendo novas vítimas de abuso sexual depois de matar Daniel Morcombe.

 

História criminal de Brett Peter Cowan

 

http://www.youtube.com/watch?v=FbbBUc7uKIs

 

O caso, mostra claramente as consequências e o perigo a que as crianças ficam expostas devido à atitude inconsequente das autoridades que permitem que a liberdade condicional seja concedida a estes tipos de predadores que não podem ser reabilitados.

Os mesmos retornam ao convívio com a sociedade, passam despercebidos e seguem enganando as pessoas e destruindo novas vidas.

 

Muitos se perguntam agora, porque a polícia levou tantos anos para conseguir descobrir e prender tal criminoso?

Apesar deste website e muitas outras organizações alertarem as autoridades e o público para os perigos da soltura de predadores sexuais condenados, a pessoas também questionam porque o sistema que deveria proteger crianças como Daniel, falhou? 

 

O caso de Daniel Morcombe se tornou um exemplo para toda a Austrália, alertando o público e as autoridades sobre como tais procedimentos que beneficiam criminosos hediondos acabam sendo negligentes e custando caro para as vidas das pessoas de bem e as novas gerações. O caso tem conscientizado as pessoas para exigir das autoridades que tais molestadores jamais voltem às ruas.

Apesar do pedófilo Brett Peter Cowan ter sido condenado a 20 anos de prisão, existem pessoas pedindo prisão perpétua.

 

A fundadora da organização Bravehearts, Hetty Jonson, afirma que tal criminoso deveria ter recebido uma sentença mais severa. Ela diz:

Quem destruiu uma vida, deveria pagar pelo resto de sua vida. Eu gostaria de ver ele receber uma sentença de 50 ou 100 anos de prisão, para jamais deixá-lo sair.  

 

Hetty Johnston - BRAVEHEART

 

http://www.youtube.com/watch?v=4qph9XGTAVo

 

 

Existem outras pessoas também questionando se não existe pena de morte para tais casos na Austrália. O questionamento do benefício social das pessoas sustentarem tais criminosos com o dinheiro de seus impostos tem sido apontado pois, além da barbárie deste tipo de crime, o custo de se manter um criminoso que não pode ser reabilitado poderia ser destinado a tantas outras obras humanitárias e tão necessárias.

 

Como sobrevivente de abuso sexual na infância e uma longa jornada de recuperação emocional, eu também questiono isso, ao ter conhecimento de tantas vítimas de tais destruidores da inocência, que ficam abandonadas pelo Estado à mercê de doenças emocionais e consequentes dificuldades para sobreviver, expostas inclusive à pobreza e preconceito para conseguir trabalho.

São tantas as vítimas de monstros como este que acabou com a vida de Daniel Morcombe, mas que sobreviveram. São tantos que foram abusados e que precisam de assistência, bem como pessoas de suas relações e seus familiares que são afetados pelas consequências do abuso sexual na infância.

 

O caso de Daniel Morcombe é hoje uma referência histórica para casos de crimes de abusos contra menores na Austrália e serve de alerta para autoridades e legisladores do mundo inteiro.

 

Obrigada Denise e Bruce Morcombe por sua persistência, sua coragem e dignidade na lida de busca de justiça para seu filho Daniel. Sou solidária com a sua dor, e como sobrevivente, me sinto orgulhosa de sua vitória e de viver em um país em que existam pais como vocês.

Obrigada em nome das vítimas e sobreviventes de abuso sexual na infância.

 

E l i s a b e t h  N o n n e n m a c h e r

 

Autora de "R-Evolução Anti Pedófilos"

 

 

"Aqueles que destroem a pureza e inocência da vida de uma criança, deveriam perder o direito de desfrutar do resto de suas vidas."

 

 

 

 

 

 

Por favor, apoie o trabalho destas organizações

 

 

 

 

www.danielmorcombe.com.au

 

 

 

 

www.bravehearts.org.au

 

 

 

 

Copyright © Desde 2003 www.r-eap.org - Todos os direitos Reservados