R-EAP

 

www.r-eap.org

 

 

GUESTBOOK - LIVRO DE VISITAS 

2008

 

 EntryNo:

6

 Date:

Saturday, 29June 2008 12:15:41 AM

 

 

El i s a b e t h  N o n n e n m a c h e r  

 

 

Flag_Australia

 

 

MENSAGEM PARA JOSÉ C.B.Z. 

Apesar de eu ter tido a oportunidade de fazer o que você nao consegui, isso não muda o que o pedofilico é.

Assim como meu pai, todos os pedofilicos que são enfrentados por suas vítimas, jamais se sensibilizam com nossas denúncias e com a exposição da cara deles ao público e jamais reconhecem o dano que nos causaram. O que vale ao se denunciar. é que libertamos outras vítimas ao contribuimos para interromper os abusos destes maníacos.

José, você hoje está livre deste monstro! Você pode recomeçar sua vida, apesar das dificuldades. Sei o quanto isso é didficil, mas quem sabe, comece por mentalizando ou escrevendo sobre o que você gostaria de ter dito a ele e que resultado você  DESEJARIA de ter tido. Esta é uma das muitas formas de terapia de desabafo e de resgate de controle de nossas próprias vidas… Pois, nossa liberdade maior se encontra em nossas mentes.

Você, de burro ou de retardado mental não tem nada e as pessoas que não conseguem ver quem você realmente é, são as mesmas que não conseguiram ver quem seu pai realmente era ou que se negava a querer ver. O problema está neles e na sociedade que se faz de cega por conveniência. Estes, que não enfrentaram o que nós enfrentamos e que não sofreram a destruição a que nos estivemos sujeitos, teoricamente deveriam ser mais fortes por causa disso, mas eles parecem ter ainda mais medo de enfrentar pedofilia. Assim, pergunte-se, quem são os que se tornaram mais fortes na verdade? Nós ou eles?

Você sobreviveu a muito mais…você, além de ter sobrevivido o abuso, teve que sobreviver também na condição de desabilitado fisico e isso mostra que voce é um GIGANTE! 

José, os peddofilicos se aproveitam da fragilidade das pessoas e além de crianças eles também se aproveitam daqueles que sáo frageis assim como as crianças. Muitos desabilitados fisicos no mundo são abusados por causa disso, inclusive na vida adulta e na velhice. Tive a oportunidade de conhecer gente que fazem pesquisas a respeito disso.

José, nos podemos ao menos ajudar a prevenir, e libertar outros, contando nossas histórias e me sinto imensamente agradecida por teres contado um pouco de sua história meu site. Isso pode ajudar outras pessoas como você, eu e tantos outros viveram na mesma escravidão..

Por isso, sempre que pudermos e nos sentirmos fortes o suficiente, podemos transmitir a outros o nosso apoio. Isso ajuda a salvar vidas e nos ajuda também a recobrar nosso sentimento de valia, nossa dignidade e a reconstruir a nossa auto-estima que nos foi roubada. 

Cuide com carinho deste menino em você, que foi ferido. Ame tudo em você que um dia achou feio ou inadequado pois você é único e tem um coração de ouro. 

Abraço grande 

Elisabeth

 

 

TRANSLATION  

MESSAGE TO JOSÉ C.B.Z.

Beside I had the opportunity to do what you couldn’t do, this doesn’t change what a pedophile is.

Like my father, all pedophiles who are confronted by their victims, they don’t get moved by our complaints or by we exposing them to the public, and they never recognize the damage they did to us.

What matters the most is that we ser free other victims by helping to break the cycles of abuse done by these maniacs.

José, today you are free from this monster! You can restart your life, beside the difficulties. I know how hard it is, but maybe you could start by visualising or writing what you could have said to him and what outcome you WISH you had, by doing so. This is one of the many therapeutic ways of dealing with it and rescuing the control of our lives…Because, the greatest freedom is in our own mind.

From stupid or mentally retarded you have nothing! The people who cannot see it are the same who could not see who your father really was or who did not wanted to see it. The problem is in them and in society who pretend to be conveniently blind and not in you. Those who did not suffer the destruction you we did, theoretically should be stronger because of it, but hose are the ones who seem to fear to fight pedophilia the most. So, ask yourself, who are the truly the strongest? We, or them?

You survived so much more… besides suffering abuse, you had to survive physical disability and this shows that you are a GIANT! 

José, pedophiles take advantage of people’s fragility and besides children, they also abuse those who are physically fragile like children.

Many disable people in the world are abused because of it, including during adulthood and as elderly. I met people who do research about this matter.

José, we can at least help to prevent abuse and to free others, by telling our stories and I am so thankful that you told a bit about yourself in my website. So this can help others like you who live in the same slavery you and me and so many others did.

So, every time we can or we feel strong enough, we can transmit to other our support. This helps to save lives and help us also to rescue our value, our dignity and our self esteem, which was stolen from us.

Take care of the little by in you, who was hurt. Love all about you that you felt was once ugly or inadequate, because you are unique and you have a golden hearth.

Big hug.

Elisabeth

 

 

 

 EntryNo:

5

 Date:

Sunday  ,  15June 2008 11:26:58 AM

 

 

José C.B.Z.

 

 

Flag_Brasil.JPG

 

 

 

PARECE MINHA HISTÓRIA...

 

Parabéns pela coragem que eu não tive...me arrependo de não ter colocado meu pai na cadeia, tenho poliomielite, aos 2 anos de idade meu pai me entregou para minha tia criar e tratar da pólio, três anos depois ele foi me visitar e minha tia falou para ele dormir no meu quarto, a partir desse dia minha vida virou um inferno, fui abusado com penetração e chantagens emocionais, dizia que se eu contasse algo, minha tia iria me dar uma surra e iria me mandar de volta para ele...esse foi meu terror, todo ano ele vinha me visitar, estuprava-me e me aterrorizava. Isso me fez ter dificuldade de aprendizado na escola, dificuldade de socialização e por várias vezes tentei o suicício. Meus primos diziam que eu era retardado mental, que eu era burro e que meu destino era puxar carroça de sucata. Infelizmente meu "pai" morreu, eu queria que ele estivesse vivo para coloca-lo na cadeia, olhar na cara dele e cobrar tudo o que eu poderia ser e não consigo ser...minha vida poderia ter sido diferente, sem traumas, de muito sucesso, com certeza eu seria outra pessoa, eu seria Feliz. 

 

 

TRANSLATION  

IT LOOKS LIKE MY OWN STORY...

Congratulations for the courage I did not have... I regret so much I did not put my father in jail!

I had poliomyelitis at the age of 2y.o.  and my father took me to my aunty to take care of me because of it.

Three years later, he went to visit me and my aunty told him to sleep in my bedroom during his stay in her house. Since then, my life became hell. I was abused with penetration and emotional blackmails. He used to say that if I would tell anybody, my aunty would spank me and would send me back to live with him...this was my worst feeling of terror.

Every year he used to come to visit me, rape me and terrorize me.

All this made me having difficulties to learn at school, to socialise and for many times I tried to commit suicide.

My cousins used to say that I was mentally retarded, that I was stupid and that my destiny was to to carry rubbish on my back. Unfortunately, my "father" died and I wish he was still alive to put him in jail too and to look at his face and charge him for everything I could have become  and that I cannot be...my life could have been so different, without traumas, with a lot of success. For sure I would have become another person and I would have been HAPPY.  

 

 

 

 

 EntryNo:

4

 Date:

Saturday, 23 February 2008 11:03:41 AM

 

 

Celina Valderez

 

 

Flag_Brasil.JPG

 

 

ATUALIZAÇÕES NO SITE??

Olá. Entrei no site por acaso, nunca havia lido nada semelhante - tão corajoso. Parabéns.

Gostaria de saber porque não foi atualizado desde 2006.

Agradecida,

Celina Valderez Feijó Kohler, Porto Alegre – RS

 

TRANSLATION  

SITE UPDATES?? 

Hi, I entered this site by accident. I never read such a thing before- so courageous. Congratulations

I would like to know, why it has not been updated since 2006?

Thank you.

Celina Valderez Feijó Kohler, Porto Alegre – RS

 

 

 EntryNo:

3

 Date:

Monday, 11 February 2008 6:13:43 PM

 

 

Helen Moreira

 

 

Flag_Brasil.JPG

 

 

Sobreviventes: Uma luta contínua!

 

Prezada E l i s a b e t h N o n n e n m a c h e r,


Gostaria de parabenizá-la. Também sou uma sobrevivente, ou tento sobreviver. Não desista nunca.
Abraços,


Helen Soraya Gomes Moreira
Abusada aos cinco anos de idade por um vizinho.
Aos doze por um tio (que me perseguiu até os dezenove anos)
Aos doze por meu próprio pai.

 

 

TRANSLATION  

Survivors: A continuous battle!

Dear E l i s a b e t h N o n n e n m a c h e r

 

I would like to congratulate you . I am also a survivor, or I try to survive. D not give up never.

Hug,

 

Helen Soraya Gomes Moreira

 

Abused at 5 y.o. by a neighbour.

At 12 y.o. by an uncle (who arrassed me until I was 19 y.o.)

At the age of 12, by my own father.

 

 

 

 EntryNo:

2

 Date:

Tuesday, 12 June 2007 5:30:37 AM

 

 

Livia Helena Reis dos Santos  

 

 

Flag_Brasil.JPG

 

 

Meu nome é Livia Helena vc nao me conhece, mais conheci um pouco de sua historia, que se indentifica coma a minha, embora não fui abusada pelo meu pai,e sim por outras pessoas.

Enfim hoje com 24 anos sou professora de teatro e escrevi uma peça que se chama " A prostituta" TRATA-SE DO TRAFICO DE CRIANÇAS,

Se quizer saber um pouco mais desse ´projeto entre em contato.

obrigada

 

 

TRANSLATION 

My name is Livia Helena.You don’t know me but
I got to know your story, which I identify with mine, 
even though I was not abused by my father, but by other people.
So, today, at 24 y.o. I am a theater teacher and I wrote
 a play named “The Prostitute”. 
It is about the TRAFFIC OF CHILDREN.
If you which to know more about it, please get in contact.
Thank you 
 

 

 

 EntryNo:

1

 Date:

Sunday,

10:39
23.03.2008

 

 

E l i s a b e t h   N o n n e n m a c h e r

 

 

Flag_Australia

 

 

MENSAGEM DA AUTORA


Gostaria de convidar as pessoas para que continuem a colocar mensagens no guestbook se assim desejarem.

Em respeito a questionamentos vindos através deste e outros canais em que me manifesto, informo que o site não foi atualizado no ano passado, pois estive cuidando de minha própria saúde e ainda o estou fazendo.

Agradeço imensamente palavras de encorajamento e pedidos para continuar, e explico porque da minha ausência.

Sendo uma sobrevivente, e assim como tantas pessoas como eu, estou exposta a reações causadas pela desesperanca, bem como sentimentos de mêdo e pânico.

Devido as situação de injustiças causadas pela progressão de pena para criminosos hediondos no Brasil, me deparei com a revivência de traumas pessoais, desta vez causados pelo próprio sistema judiciario brasileiro, desencadeando em mim sentimentos de incapacidade de lutar em relação a assuntos de problemas relacionados a pedofilia e criminalidade.

Passei a sentir o mesmo abandono e desespero de quando eu era criança. Senti e sinto a esperança ser apunhalada pelas costas, enquanto a mairoria das pessoas assistem tudo isso passivamente. Não consigo lutar sozinha...

Assim como eu temia e avisei no site, aconteceu...

Eu me vejo novamente perante o abusador, mas desta vez outro, que assim como meu pai, agora a propria justica (baseada numa legislacao que só protege criminosos) e que deveriam nos proteger, abusa de seu poder e de nossa confiança.

Assim, como orientam os comissários de bordo de avioes: "Antes de podermos ajudar aos outros, precisamos garantir nossa própria segurança e bem estar. Não podemos socorrer o próximo se não colocarmos nossa própria máscara de oxigênio primeiro"

Desta forma, ao nos permitirmos estar ausentes e nos darmos tempo para descançar e até para nos curarmos de desgastes fisicos e emocionais, isso passa a ser uma escolha nossa, sem que nos sintamos constrangidos por ter este direito. Temos que poder optar pelo que fazemos e quando o queremos fazer, ou estar envolvidos sejam em quais forem nossos projetos na vida.

Precisamos de tempo e espaço para nos fortalecer, amadurecer, repensar nossa vidas e mesmo para dar a oportunidade de outras pessoas também façam a sua parte.

Minha mensagem sempre estara' disponível na internet, em qualquer tempo, independente de eu precisar estar presente, ativa ou viva neste mundo.

Eu sou apenas mais uma sobrevivente que se expressa neste universo, mas nossa causa e' de muitos e caberá a tantas outras pessoas em algum tempo de suas vidas fazerem aquilo que fiz ou o que podem para ajudar a combater abuso sexual na infância.

Agradeço desde já a participação de todos que queiram colaborar para combater violência sexual contra crianças e mulheres.


TRANSLATION 
MESSAGE FROM THE AUTHOR

I would like to invite people to keep sending messages to the guestbook, if they wish so.

In respect to questions and messages from this and other channels of communications where I get to involved with, I am would like to say that this site was not updated last year because I had to look after my own health issues and I am still doing so. 

 As a survivor, like many other like me, I am trigger when I am exposed to situations which cause feelings of fear and panic. Because of the situation of injustice in Brazil, caused by the ‘progression of sentence”(parole for hideous criminals) I felt retraumatized this time by Brazilian justice system, to a point that I felt incapable to deal with issues of pedophilia and criminality.

I felt again the same abandonment I used to feel when I was a child.

I felt and I still feel like hope is being stubbed in the back, while the majority of people watch to it passively. I cannot fight this alone.

As I had foreseen and warned people in the site, it happened…

I can see myself again facing the abuser but, this time another one. The same way like against my father, this time Brazilian justice itself (supported by a legislation which protect criminals only) instead of protecting people, is abusing its power and our trust.

So, like flying commissars advise us in the planes: “Before helping others, make sure of your own safety and well being. We cannot help others if we don’t wear our own oxygen mask first.”

We have the right to allow ourselves to be absent and to give time to ourselves to recover and to heal from physical and emotional stresses without feeling uncomfortable about it. It is our right and our choice to decide when we think we can do things and when we cannot be involved in whatever are the projects we have in life.

We need time and space to get stronger, to maturate our ideas, to think over our lives and even to give the opportunity for others to do their share as well.

My message and my example will always be available on the internet, at any time, independent if I am present, active or alive in this world. I did my share. 

I am just another survivor expressing myself in this universe, but our cause belong to many and it will be up to all people to devote some time of their lives to do the same sometime to do what thy can to help to reduce child sexual abuse.

Thank you for the contribution of all people who whish to help to stop sexual violence against women and children.


I would like to thank in advance all people who will join to fight sexual violence against children and women.


E l i s a b e t h   N o n n e n m a c h e r